Agenda

Após 12 horas de transplante, empresário com leucemia recebe medula óssea doada por polonês 90% compatível

Procedimento foi realizado nesta sexta-feira (30), no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, em São Paulo. Thiago Wilfer foi diagnosticado com a doença em janeiro de 2017.

O tão esperado dia chegou: depois de quase 12 horas de operação, o empresário sorocabano Thiago Wilfer, diagnosticado com leucemia em janeiro de 2017, recebeu o transplante de medula óssea doada por um polonês, de 26 anos, 90% compatível com ele.

O procedimento foi realizado nesta sexta-feira (30), no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), em São Paulo, onde Thiago está internado desde o dia 22 de novembro.

De acordo com a esposa dele, Marina Wilfer, que fez uma transmissão ao vivo no Facebook minutos antes do transplante, o transplante teve início por volta das 11h30 e terminou às 23h15. Ao todo, Thiago recebeu três bolsas.

No fim da noite, Marina publicou uma mensagem em sua conta pessoal comemorando o sucesso do transplante e o fato de que o marido não teve reação alguma durante o procedimento.

“Agora começa a espera pela PEGA da medula, o dia em que ela começará a funcionar no corpo do Thiago, o dia em que saberemos que o transplante funcionou…esse dia será considerado o novo nascimento dele! Estou apostando no dia 18/12, mas o dia que for será muito comemorado e feliz!”, disse.

De acordo com ela, até se acostumar à nova medula óssea, Thiago ficará com imunidade zerada e precisará de todos os cuidados possíveis para não pegar nenhuma infecção.

Marina encerra o post agradecendo ao doador, à equipe médica responsável pelo tratamento do empresário e aos amigos e familiares.

“Nossos corações estão cheios de gratidão! Gratidão primeiramente a Deus pela vida do Thiago, ao anjo doador pelo ato heróico de amor ao próximo e por dar a segunda chance de vida ao Thiago! Amamos todos vocês!”, completou.

Luta pela vida

Após o diagnóstico de leucemia, a luta de Thiago para encontrar um doador de medula óssea compatível começou em junho deste ano, com uma campanha nas redes sociais que incentivou o cadastro no banco de doadores.

Voluntários se comoveram com a história e foram até o Hemonúcleo de Sorocaba para realizar o cadastro, mas o limite de 200 cotas por mês gerou muitas indignações nas redes sociais. Diante da situação, os doadores organizaram caravanas para hemonúcleos de São Paulo e Campinas.

Foi então que um doador da Polônia, com 90% de compatibilidade, foi encontrado. Os médicos fizeram exames que indicaram que os 10% de incompatibilidade não apresentariam rejeição durante o transplante.

Pouco antes do procedimento, os médicos descobriram tumores na cabeça de Thiago, que precisou fazer uma série de oito radioterapias para combater o problema.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2018/12/01/apos-12-horas-de-transplante-empresario-com-leucemia-recebe-medula-ossea-doada-por-polones-90-compativel.ghtml

Reunião regional da SBTMO

2ª Reunião Regional da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO)

Data: 19 de outubro de 2018
Horário: 8h
Local: Auditório do HEMOCE – Rua Capitão Francisco Pedro, s/n – Fortaleza/CE
Inscrições gratuitas: Setor de Ensino e Pesquisa do Hemoce – (85) 3101-2274
Veja a programação.